Um Perfeito Cavalheiro – Julia Quinn

Editora: Arqueiro

Série: Os Bridgertons

Sinopse: Sophie sempre quis ir a um evento da sociedade londrina. Mas esse parece um sonho impossível. Apesar de ser filha de um conde, ela é fruto de uma relação ilegítima e foi relegada ao papel de criada pela madrasta assim que o pai morreu. Uma noite, porém, ela consegue entrar às escondidas no aguardado baile de máscaras de Lady Bridgerton. Lá, conhece o charmoso Benedict, filho da anfitriã, e se sente parte da realeza. No mesmo instante, uma faísca se acende entre eles. Infelizmente, o encantamento tem hora para acabar. À meia-noite, Sophie tem que sair correndo da festa e não revela sua identidade a Benedict. No dia seguinte, enquanto ele procura sua dama misteriosa por toda a cidade, Sophie é expulsa de casa pela madrasta e precisa deixar Londres. O destino faz com que os dois só se reencontrem três anos depois. Benedict a salva das garras de um bêbado violento, mas, para decepção de Sophie, não a reconhece nos trajes de criada. No entanto, logo se apaixona por ela de novo. Como é inaceitável que um homem de sua posição se case com uma serviçal, ele lhe propõe que seja sua amante, o que para Sophie é inconcebível. Agora os dois precisarão lutar contra o que sentem um pelo outro ou reconsiderar as próprias crenças para terem a chance de viver um amor de conto de fadas.

Esse terceiro livro da série segue o padrão de todos os outros, com folhas amareladas e genealogia dos Bridgertons. Ao invés de começar pelo capítulo 1 temos uma introdução de como foi a infância de Sophie. Filha bastarda de um conde, Sophie foi criada como pupila de seu pai aos olhos da sociedade. Apesar de o conde manter as aparências até mesmo dentro de sua residência, todos os empregados sabiam que Sophie era sua filha. A vida de Sophie muda quando o conde trás uma esposa juntamente com suas filhas para viver debaixo do mesmo teto que Sophie. Esta história está parecendo familiar? Com certeza vocês conseguem reconhecer o enredo da Cinderela neste livro.

Infelizmente não são meras coincidências ou referências, tudo o que acontece é exatamente como a história da Cinderela, até mesmo a forma como ela encontra com Benedict Bridgerton no baile. As coisas só começam a se diferenciar quando Sophie vai embora da casa de seu falecido pai e começa a trabalhar em casas de outras famílias para poder se sustentar.

Continue Reading

Zangado – O Que é Ser Game E Como Me Tornei Um.

Editora: LeYa

Sinopse: Ser gamer é muito mais do que ser simplesmente um jogador. É um estilo de vida que traz lições importantes, como acreditar em si mesmo, nunca desistir diante dos obstáculos, e mostra que rivalidade não significa inimizade. Assim pensa o Zangado, que conta neste livro os aprendizados que já tirou dos jogos, e que ele faz questão de dividir com os seguidores – e agora com você, leitor. Ele se tornou um youtuber superfamoso em todo o país e foi um dos pioneiros no que faz: criar e postar em seu canal vídeos falando sobre games aprimorados com cultura nerd, dando dicas e indicações, jogando sem ensaiar e compartilhando suas experiências com os internautas. Além de ter se popularizado em razão dos games, ele ainda se tornou o tio Zangado, procurado pelos “sobrinhos” para dar conselhos diversos não apenas sobre games, mas também sobre a vida. Com mais de 6 milhões de seguidores em suas redes sociais e mais de 3,2 milhões só no seu canal, Zangado Games, o tio Zangado conquistou uma legião de fãs por todo o Brasil com seus vídeos sobre videogames. A primeira postagem no YouTube foi em 2009, de forma simples e amadora, e de lá para cá muita coisa mudou, menos a paixão pelos games e a vontade de compartilhar suas experiências com os seguidores na internet. Aqui, Zangado conta um pouco de sua vida e de sua trajetória como um dos youtubers mais queridos do país. Como ele criou seu canal? Por que usa máscara – uma de suas principais marcas? Como se tornou um gamer, e o que isso significa para ele? Senta aí, se acomoda, abre este livro e venha descobrir tudo isso.

Vocês já sabem que sou aquela que saiu do Atari para o PS4, então tenho procurado aprender muito sobre esse mundo que mudou bastante, além de me apaixonar mais a cada dia por ele. Zangado é um dos youtubers que acompanho sobre games. Na verdade ele é o meu favorito, sempre que sai um novo vídeo estou lá para ver. Quando quero procurar algum tipo de game diferente sempre procuro para ver se ele já fez algum vídeo de conferindo o game ou análise. As análises dele são muito boas, sem falar que ele contextualiza você sobre a história do game e fatos importantes sobre a produção do mesmo. No canal dele você não encontra gameplay do jogo inteiro e sim a primeira hora, conferindo ou a primeira meia hora do game, o que é muito bacana porque dá para ter uma noção se você vai ou não gostar daquele jogo e você não sofre com spoilers. Quem me acompanha por aqui sabe o tanto que odeio spoilers.

Então quando fiquei sabendo sobre o livro dele que iria sair, sabia que tinha que ler e trazer a experiência para vocês também. Eu sei que hoje há um monte de livros de youtubers que não foram escritos por eles e isso me deixa um pouco chateada sabe… É que hoje não é muito fácil você escrever um livro e conseguir uma boa divulgação com ele, e tem muita gente vendendo lixo por aí…

Isso não se aplica ao livro do Zangado, o livro conta sua história com os games e como eles ajudaram no crescimento dele como pessoa. Inevitavelmente ele acaba compartilhando histórias sobre sua vida particular de uma forma muito sincera. Como ele mesmo diz na apresentação, é impossível você não ler o livro ouvindo a voz do Zangado na sua cabeça.

Continue Reading

Kitty – Elle S.

Editora: Arwen

Sinopse: Kitty é uma gata sarcástica e cheia de mistérios que aprendeu a viver nas ruas há mais de quatrocentos anos. Independente e esperta, ela foge de qualquer contato humano, já que deixar-se ser adotada é o seu pior pesadelo. O grande medo dessa felina é que alguém desperte dentro dela o seu maior segredo. Vivendo nos becos da cidade de São Paulo, Kitty conquista o coração de Eduardo e, contra sua vontade, vira um animal de estimação. Tudo o que essa gata não queria que acontecesse. Entre as diversas tentativas de fuga, ela se vê cercada de afeto e carinho pelo seu novo dono e começa a ser cativada. Então, é Eduardo, seu dono ruivo e charmoso, que desperta o que Kitty tem de pior. Quando ele deseja que sua amada amiga de estimação seja mais do que ela realmente é, a gata precisa correr contra seu próprio instinto. Ser quem ela foi condenada a ser, ou viver como quem ela verdadeiramente é? Dividida entre duas espécies, Kitty precisa decidir o destino de sua vida para viver um grande romance.

Conheci esse livro quando fui procurar a pré-venda da “A Face das Sombras”, livro que já fiz um post mostrando o combo com os mimos. Você pode rever o post clicando aqui. Amei a premissa de imediato e a arte da capa me impressionou.

O livro é muito bonito. Há várias artes dentro dele, incluindo um desenho de gatinho que acompanha cada capítulo. O papel é grosso e gostoso de pegar. Toda a diagramação é muito bonita. E não encontrei erros de português na revisão.

Kitty, ganha o nome de Kitty quando Eduardo a encontra num beco e a leva para sua casa. Ela é uma gata amaldiçoada e que vive a mais de 400 anos em terra brasileira. Todo seu passado é muito curioso, mas não é realmente explorado. Claro que mais na frente do livro é explicado como ela recebe a maldição, mas o foco do livro é o hoje dela e como ela não se importa em viver dia após dia uma vida eterna de gato. As poucas vezes que achou que seria liberta da maldição foi muito mal tratada, então ela tem vários traumas.

Continue Reading

9 Regras a Ignorar Antes de se Apaixonar – Sarah Maclean

Editora: Arqueiro

Série: Os Números do Amor – Livro 01

Sinopse: A sonhadora Calpúrnia Hartwell sempre fez tudo exatamente como se espera de uma dama. Ainda assim, dez anos depois de ser apresentada à sociedade, ela continua solteira e assistindo sentada enquanto as jovens se divertem nos bailes. Callie trocaria qualquer coisa por uma vida de prazeres. E por que não se arriscar se, aos 28 anos, ela já passou da idade de procurar o príncipe encantado, nunca foi uma beldade e sua reputação já não lhe fará a menor diferença? Sem nada a perder, a moça resolve listar as nove regras sociais que mais deseja quebrar, como beijar alguém apaixonadamente, fumar charuto, beber uísque, jogar em um clube para cavalheiros e dançar todas as músicas de um baile. E depois começa a quebrá-las de fato. Mas desafiar as convenções pode ser muito mais interessante em boa companhia, principalmente se for uma que saiba tudo sobre quebrar regras. E quem melhor que Gabriel St. John, o marquês de Ralston, para acompanhá-la? Afinal, além de charmoso e devastadoramente lindo, ele é um dos mais notórios libertinos de Londres. Contudo, passar tanto tempo na companhia dele pode ser perigoso. Há anos Callie sonha com Gabriel e, se não tiver cuidado, pode acabar quebrando a regra mais importante de todas – a que diz que aqueles que buscam o prazer não devem se apaixonar perdidamente.

Ahhh livros com temporadas de bailes sempre dão uma vazão muito grande para a nossa imaginação, não acham? A história de Callie se passa nesse período de apresentações à sociedade e necessidade de se casar com um bom partido. Infelizmente Callie não está dotada de características que as beldades da época possuem, além de ter uma mãe que não consegue vesti-la minimamente bem, apesar de ser filha de um Conde. O gosto de sua mãe para roupas é totalmente duvidoso.

Tudo isso contribui para o estado que Callie vive, sem nenhum bom pretendente e tendo uma irmã mais nova (dez anos de diferença) noiva de um Duque. Os outros já a consideram solteirona, e quando ela começa a ver que sua própria família a vê dessa forma algo estala em sua mente. Decidida a mudar sua vida, mesmo que momentaneamente, faz uma lista de coisas que sempre quis fazer e que seria “errado” para uma dama da alta sociedade realizar. Então segue a lista cortando um por um.

Continue Reading

Entre o Amor e o Silêncio – Babi A. Sette

downloadEditora: Novo Século

Sinopse: Francesca Wiggs sofreu uma grande decepção amorosa e, desde então, está decidida a não se relacionar mais. Além de se dedicar a escrever o seu livro, ela resolve preencher os dias com um trabalho voluntário – a leitura para pacientes em coma proporcionaria a ela a distância de problemas afetivos. No entanto, um grande imprevisto ocorre quando ela passa a se sentir atraída por um dos pacientes. Mitchell, descrito como um poderoso magnata, seria a antítese de tudo o que ela busca em um homem… se não estivesse em coma. Precisar de alguém inconsciente seria um absurdo, não seria? Amar uma pessoa que nunca responde parece loucura! Francesca já havia entendido e sentia-se quase segura diante disso. Mas e se Mitchell acordasse?

Nunca me assustei com livros grossos, na verdade eles sempre me atraíram. Se o autor consegue escrever uma história com tantas folhas, é porque a história deve ser muito boa, na verdade ela precisa ser muito boa. Esse sempre foi meu pensamento. Entre o Amor e o Silêncio possui 502 páginas e uma diagramação simples, mas muito bonita. Impossível não ser atraído pela capa, mas o que mais me chamou a atenção foi a história mesmo. Nunca havia lido nada dentro dessa perspectiva.

Francesca estava quase noiva de seu namorado Vince, diretor de teatro, mas ela o flagra em uma traição. E o pior, no mesmo local onde teve a primeira noite de amor com ele. Isso a magoou profundamente. No inicio você acha que as palavras dela são de apenas uma mulher ferida e que logo ela irá ceder as investidas de Vince, afinal ele era o seu grande amor… Mas não é bem por aí que a escritora segue a história.

Continue Reading