Livros

Coroa da Meia-Noite – Sarah J. Maas

05/10/2015
Editora: Galera – Record
Série: Trono de Vidro
Sinopse: Celaena Sardothien, a melhor assassina de Adarlan, tornou-se a assassina real depois de vencer a competição do rei e se livrar da escravidão. Mas sua lealdade nunca esteve com a coroa. Tudo o que deseja é ser livre e fazer justiça. Nos arredores do castelo, surgem rumores a respeito de uma conspiração contra misteriosos planos do rei, mas antes de cuidar dos traidores, Celaena quer descobrir exatamente que planos são esses. O que ela não imaginava é que acabaria em meio a uma perigosa trama de segredos e traições tecida ao redor da coroa. Em Adarlan, um segredo parece se esconder por trás de cada porta trancada, e Celaena está determinada a desvendar todos eles para proteger aqueles a quem aprendeu a amar.
O livro segue o padrão do primeiro, com o mapa de Erilea e também com os capítulos distribuídos de forma simples, tendo apenas números como títulos. A única coisa que difere a estrutura desse livro do anterior é a divisão do livro em duas partes: A Campeã do Rei e A Flecha da Rainha. Continuamos a ver toda história por um narrador em terceira pessoa que foca Celaena, Chaol e Dorian, com algumas pontas de outros personagens.
Se no primeiro livro Celaena ficou coberta de sangue algumas vezes, se preparem para o rio de sangue que nos é apresentado neste livro. Contei pelo menos umas quatro vezes que Celaena ficou coberta de sangue da cabeça aos pés. Não é a toa que a capa é vermelha… Piadas a parte, o livro é incrível e quando você pensa que está começando a entender as coisas lá vem a Sarah e nos mostra detalhes que nunca focamos ou nos importamos para que possamos entender a plenitude do universo que criou e de quem realmente Celaena é.

Pela primeira vez depois de muitos anos, Celaena começa a construir um grupo de amigos com quem pode contar e confia. Pensando na segurança dos seus, ela começa a esconder segredo após segredo, até revelar quase tudo para sua amiga a princesa Nehemia. A única com quem realmente Celaena se abre totalmente. E quando ela acha que as coisas estão começando a entrar nos eixos sofre uma terrível perda que tira todo o chão e senso de realidade da nossa guerreira. Então ela se vira pra uma antiga amizade que preferiu esquecer, o príncipe Dorian.

 

Nesse livro ela se aproxima muito, mas muito mesmo, de Chaol e isso me deixou triste. Meu casal favorito é Dorian com Celaena, creio que eles completam um ao outro e que Chaol nunca conseguirá entender Celaena na dimensão que Dorian consegue. Mas estou começando a achar que Sarah tem uma tendência pelo casal oposto e isso tá me deixando meio chateada. Eu sei que Chaol é legal e valoroso, mas o príncipe é a pessoa certa pra Celaena.
Apesar de o livro retratar Celaena como assassina, não consigo enxergar ela dessa forma. Ela é uma guerreira que aprendeu a ser assassina para sobreviver. E quando puder não matar mais pessoas ela assim o fará. Agora um assassino é diferente, ele mata por prazer. E por falar nisso, assassinos é o que não faltam nesse livro.

 

Não posso continuar falando da história porque se não vou contar demais. Bastam saber que no último capítulo do livro conseguimos realmente entender quem é Celaena e de onde ela realmente veio e isso é um choque. Eu realmente esperava algo similar, mas não tão profundo. Sem falar que o final já sugere o tamanho da aventura que o terceiro livro contará. Estou ansiosa para lê-lo.
 
 

Você pode ler também...

6 Comentários

  • Reply Yuu Gracindo 05/10/2015 at 4:48 pm

    Ooii, Já me falaram tanto desses livros, eu realmente estou ansiosa para lê-los, e sua resenha só me deu mais vontade ainda, estou te seguindo, Bjos.

    http://yuugracindo.blogspot.com.br

  • Reply Tamires Marins 09/10/2015 at 2:53 am

    Oi, Kelen, tudo bem?

    Eu já li algumas resenhas muito bacanas sobre os livros dessa série. Não é muito o tipo de livro que eu curto, mas deve ser muito legal para quem gosta do gênero. Eu adoro livros que trazem mapas. Acho que a gente mergulha mais na história!
    E sabia que já faz um bom tempinho que eu não leio nenhum livro narrado em terceira pessoa?

    Beijo
    – Tamires
    Blog Meu Epílogo | Instagram | Facebook

  • Reply Ryoko Bel 10/10/2015 at 4:48 pm

    Oi Kelen, tudo bem ???
    Eu já vi muitas, mas muitas pessoas comentando, resenhando e indicando essa série. Sempre leio comentários muito positivos com relação aos livros e a autora, mas sabe … Somente esse ano que fui descobrir que a série já tinha sido lançada aqui no Brasil, rsrsrs, baita furo meu !!!
    Morro de vontade de ler esses livros, eles têm tudo para me encantar e se tornar uma das minhas séries queridinhas !!! Espero ter a chance de conferir os livros o mais rápido possível !!!

    Beijinhos
    Hear the Bells

  • Reply Kelen Vasconcelos 13/10/2015 at 2:16 am

    Com certeza não vai se arrepender Yuu. Estou te seguindo também ^^

  • Reply Kelen Vasconcelos 13/10/2015 at 2:17 am

    Eu imagino Tamires, a onda agora é só fazer livro em primeira pessoa. Por isso já é um grande diferencial nesse livro.
    Bjoss

  • Reply Kelen Vasconcelos 13/10/2015 at 2:18 am

    Ryoko leia sim, vc vai surtar de emoção que nem eu. kkkkkkk
    Bjoss

  • Leave a Reply