Séries

Legends of Tomorrow

21/03/2017

Lá estava eu, num dia de feriado, procurando uma série que não fosse muito longa e que tivesse uma trama interessante… Então surgiu esta na Netflix. Olhei a sinopse e pensei, deve ser uma série fraquinha, mas vou ver mesmo assim. Como a maior parte das pessoas sabem (excluindo eu no inicio), essa é uma série spin-off que junta heróis e anti-heróis de várias séries, principalmente Arrow e Flash. Inclusive, ela se passa no mesmo universo que Arrow, Flash e Supergirl.

A sinopse não consegue dizer à dimensão que esta série tem. A primeira impressão que se tem é que provavelmente será uma série ruim com efeitos especiais ruins. Eu digo que me surpreendi totalmente e a cada episódio. Os efeitos especiais são muito bons e o enredo me deixou totalmente viciada. Fiquei vendo um episódio atrás do outro.

Conhecemos o mestre do tempo Rip Hunter (Arthur Darvill) que volta em 150 anos no passado em sua máquina do tempo e forma uma equipe de heróis para poder deter o pior inimigo do mundo Vandal Savage (Casper Crump), um ser imortal que percorre eras concluindo etapas do seu plano de dominar o mundo. A equipe foi formada com Martin Stein (Victor Garber) e Jefferson Jackson (Franz Drameh) que juntos formam o Nuclear; Ray Palmer (Brandon Routh) o Átomo; Sara Lance (Caity Lotz) a Canário Branco; Kendra Saunders (Ciara Renée) a Mulher-Gavião; Carter Hall (Falk Hentschel) o Homem-Gavião e os ladrões Mick Rory (Dominic Purcell) o Onda Térmica e o Leonard Snart (Wentworth Miller) o Capitão Frio.

Tudo começa no Egito com um homem e seu amor não correspondido por uma sacerdotisa que amava o príncipe. Quando Savage finalmente os pegou no ato do seu amor ele matou a sacerdotisa e o príncipe enquanto um meteoro caía no Egito. Esse meteoro tinha poderes e condenou os três numa maldição. Savage tinha se tornado imortal enquanto a sacerdotisa e o príncipe se tornaram a mulher e o homem gavião. O casal reencarnaria até que se encontrassem e se apaixonassem de novo, eternamente. Assim que Savage os encontrava matava os dois e se tornava mais forte.

Essa parte é a história principal da temporada, mas ao longo dos capítulos vamos conhecendo os heróis e suas histórias de vida, que afetam o enredo diretamente. A missão dessa equipe especial é matar Savage e restabelecer a ordem do mundo, evitando que ele mate milhões de pessoas, liberando automaticamente Kendra e Carter da sua maldição.

Claro que tive meus personagens favoritos que é a Canário Branco, o Capitão Frio e o Átomo. Por causa desses personagens fiquei profundamente curiosa em conhecer as outras séries e entender melhor suas histórias.

Parece até improvável que essa salada desse certo, mas é exatamente o que acontece. O enredo é muito bem amarrado, e tudo tem explicações muito críveis. A trilha sonora e os efeitos especiais são totalmente impecáveis, além de ter ótimas atuações. Se for para levantar uma ressalva seria que a atriz que faz a Kendra não conseguiu interpretar direito o papel. Ficamos com a sensação que todos fizeram seu dever de casa menos ela. Infelizmente como ela faz parte da trama principal fica impossível não dar muita atenção para a personagem. Creio que os produtores perceberam que a Canário Branco foi muito melhor recebida e seu papel na história aumenta o que me deixa muito feliz.

A segunda temporada está passando agora na TV e creio que logo virá para o Netflix. Mal posso esperar para ver essa turma junta novamente, ou pelo menos o que sobrou dela. Ficou curioso? Não perca seu tempo e vá assistir a essa série fabulosa!

Você pode ler também...

2 Comentários

  • Reply Karolline Vicente da Silva 20/05/2017 at 7:19 pm

    Não acredito que o Dominic Purcell e Wentworth Miller estão trabalhando juntos nessa série!!! Meu deus, esses dois, de novo! Meu coração não guenta, que coisa. Prision Break é uma das minhas séries favoritas, e eu certamente irei assistir Legends Of Tomorrow, por causa deles e também por sua resenha INCRÍVEL e maravilhosa! Sério, adorei o post, parabéns!!! <3

    Quando tiver um tempinho livre visita o meu blog?! Adoraria te ver por lá.
    Beijos, Karol Vicente. http://www.palavrasambulantes.com/2017/05/resenha-hora-do-vampiro-de-stephen-king.html

    • Reply kelen Vasconcelos 23/05/2017 at 7:22 pm

      Oi Karolline,
      Fico muito feliz que tenha curtido o post ^^. Sempre quis ver Prison Break e amei a dupla na série, tenho certeza que vc vai curtir também. Pode deixar que vou conferir seu blog 😉
      Bjos

    Leave a Reply