Livros

O Beijo das Sombras – Richelle Mead

08/06/2015
Série:Academia de Vampiros
Editora:Nova Fronteira
Sinopse: Lissa Dragomir é uma adolescente especial, por várias razões: ela é a princesa de uma família real muito importante na sociedade de vampiros conhecidos como Moroi. Por causa desse status, Lissa atrai a amizade dos alunos Moroi mais populares na escola em que estuda, a São Vladimir. Sua melhor amiga, no entanto, não carrega consigo o mesmo prestígio: meio vampira, meio humana, Rose Hathaway é uma Dampira cuja missão é se tornar uma guardiã e proteger Lissa dos Strigoi – os poderosos vampiros que se corromperam e precisam do sangue Moroi para manter sua imortalidade. Pressentindo que algo muito ruim vai acontecer com Lissa se continuarem na São Vladimir, Rose decide que elas devem fugir dali e viver escondidas entre os humanos. O risco de um ataque dos Strigoi é maior, mas elas passam dois anos assim, aparentemente a salvo, até finalmente serem capturadas e trazidas de volta pelos guardiões da escola. Mas isso é só o começo. Em O Beijo das Sombras, Lissa e Rose retomam não apenas a rotina de estudos na São Vladimir como também o convívio com a fútil hierarquia estudantil, dividida entre aqueles que pertencem e os que não pertencem às famílias reais de vampiros. São obrigadas a relembrar as causas de sua fuga e a enfrentar suas temíveis consequências. E, quem sabe, poderão encontrar um par romântico aqui e outro ali. Mais importante, Rose descobre por que Lissa é assim tão especial: que poderes se escondem por trás de seu doce e inocente olhar?
Desde o inicio do livro Rose nos conquista. Ela sempre é tão forte e resolvida, faz de tudo para proteger Lissa, sua própria vida não é tão importante assim. Afinal, essa é a vida dos Dampiros. Lissa, por sua vez, tem Rose como sua melhor amiga e confidente. As duas sempre estão juntas e não apenas Rose defende Lissa, mas a própria Lissa defende Rose. Entre as duas há muito mais que uma amizade ou uma relação entre Moroi e Dampiro, mas uma relação de lealdade sem fim.

O livro começa exatamente quando as duas são encontradas pelo novo guardião da escola, Dimitri, e levadas de volta para o colégio. Dimitri é um guardião russo muito famoso e respeitado. Ele foi designado para ser o novo guardião de Lissa e trazê-la de volta para o colégio, já que ela é a última Dragomir viva e futuramente a nova rainha. Não era normal que uma estudante ainda tivesse um guardião, mas como Lissa era princesa e estava cercada de um passado sombrio e um presente confuso, os outros Morois preferiram fazer dessa forma.
Rose não gostou nada disso, já que ela sempre se intitulou a guardiã de Lissa, mas aos poucos vai entendendo melhor a forma como Dimitri lida e encara a vida de um Dampiro e isso aos poucos vai conquistando-a. Dimitri acaba sendo designado para ser o treinador pessoal de Rose e ele percebe que além da ligação que há entre Lissa e Rose, sua estudante é uma promissora Dampira guardiã.
Dimitri sempre frio e distante aos poucos vai se abrindo para Rose e ela consegue ver uma pessoa calorosa dentro daquela casca. O relacionamento deles vai se aproximando pela convivência e por várias situações que vão aparecendo onde a vida de Lissa é colocada em risco.
Lissa tem um dom incomum, muito raro para um Moroi, mas precisa esconder isso a todo custo. Rose tenta sempre deixar a amiga segura, mas o que se pode fazer quando até os mais próximos começam a se tornar suspeitos?
O livro não trata apenas do amadurecimento e experiências de Rose, mas também do crescimento de Lissa e de seus sentimentos desenvolvidos por Christian Ozera. Ele com certeza é um Bad Boy, mas não por sua própria vontade, ele simplesmente foi rotulado dessa forma depois que seus pais viraram Strigois e foram caçados e mortos na sua frente. Então, todos esperam sempre o pior dele.
Para minha grande surpresa, sempre imaginava que Christian detestava Rose, mas na verdade ele gostava dela e também de que ela cuidasse de Lissa. Afinal, Christian detesta tudo e todos e isso fica bem nítido. É como se ele fosse o exterior da própria Lissa, os sentimentos que ela esconde ele externa e isso faz dos dois um casal perfeito.
Toda a narração é feita pela Rose, e o fato dela ser a personagem principal e não Lissa em si é muito interessante. O relacionamento que se desenvolve pouco a pouco entre Rose e Dimitri é muito legal, pois não há nada forçado. Apenas o natural, eles são semelhantes e isso os atrai, mesmo que isso não esteja explicito, assim como Lissa e Christian.
Recentemente foi feita uma adaptação cinematográfica desse livro, porém ela não chegou a ir aos cinemas. Vi o filme e resenhei vocês podem conferir clicando aqui. Em comparação com o filme posso dizer com toda a certeza que foi extremamente fiel, mas mudanças foram mínimas e as atuações muito fiéis. Pena que o filme não deu o retorno esperado e o projeto para fazerem as outras adaptações dos livros da série foram engavetadas. Para mim o problema de não ter feito sucesso foi a falta de divulgação, e só.
 
 

Você pode ler também...

2 Comentários

  • Reply Jhonatas Nilson 08/06/2015 at 8:11 pm

    Olá!

    Não sou muito fã de livros nesse estilo, na verdade foram bem poucos os livros sobre vampiros que li. A série que viciei teve três livros publicados e depois foi cancelada, então traumatizei e não li mais nada sobre vampiros. kkkk Mas sua resenha ficou super legal, parabéns!

    Poderia comentar no blog? Estou começando agora =)
    http://entremundosliterarios.blogspot.com.br/

  • Reply Kelen Vasconcelos 16/06/2015 at 4:17 pm

    Olá Jhonatas! Parabéns pelo blog ^^
    É muito traumático quando gostamos de uma série e ela não vai pra frente… eu te entendo… Mas tô curtindo essa série. Veja o filme primeiro e se gostar leia o livro. O filme é muito fiel.

    Abraço!

  • Leave a Reply