Pensamentos

Ser Amado

11/12/2013
Após a morte e ressurreição de Jesus, os apóstolos foram pregar as boas novas. O Espírito Santo me trouxe uma reflexão muito importante sobre as ações dos apóstolos naqueles dias. Eles não se importavam se eram ou não amados pelos próximos, se eram aceitos pelas pessoas para as quais pregavam a palavra de Cristo, se eram amados por elas.
Eles não tinham medo da rejeição, davam tudo de si para cumprir o chamado de Deus. Na verdade, não se importavam se seriam ou não aceitos, pois já tinham sido amados primeiro pelo Ser Supremo. Por Deus que nos deu o Seu filho como prova de amor e compaixão. O maior amor, o mais poderoso amor, o inigualável amor vem de Deus.
Quantas vezes os apóstolos foram agredidos? Paulo foi até apedrejado, mas se levantou e continuou com a obra. Eles não deixavam que a vontade de ser amado nublasse o que deveria ser feito.
“Sobrevieram, porém judeus de Antioquia e de Icônio e, havendo persuadido as multidões, apedrejaram a Paulo, e arrastaram-no para fora da cidade, cuidando que estava morto. Mas quando os discípulos o rodearam, ele se levantou e entrou na cidade. No dia seguinte partiu com Barnabé para Derbe”
Atos 14:19-20

A dificuldade e hostilidade muitas vezes nos impulsionam para frente. mesmo que às vezes tenhamos medo, a final somos sujeitos às fraquezas como todos os outros, Deus nos confirma o caminho a seguir
“E de noite disse o Senhor em visão a Paulo: Não temas, mas fale e não te cales; porque sou contigo e ninguém te acometerá para te fazer mal, pois tenho muito povo nesta cidade. E ficou ali um ano e seis meses, ensinando entre eles a palavra de Deus”.
Atos 18:09-11
Eles se firmaram em Cristo, no imenso amor de Cristo. Não importa se seus amigos não demonstram amor, se seus colegas de trabalho lhe tratam mal ou se até sua família te menospreza. Podemos encontrar conforto, paz e força no amor de Jesus. Quando fazemos isso, toda a adversidade não tem força.

Você pode ler também...

Sem comentários

Leave a Reply