Um Perfeito Cavalheiro – Julia Quinn

Editora: Arqueiro

Série: Os Bridgertons

Sinopse: Sophie sempre quis ir a um evento da sociedade londrina. Mas esse parece um sonho impossível. Apesar de ser filha de um conde, ela é fruto de uma relação ilegítima e foi relegada ao papel de criada pela madrasta assim que o pai morreu. Uma noite, porém, ela consegue entrar às escondidas no aguardado baile de máscaras de Lady Bridgerton. Lá, conhece o charmoso Benedict, filho da anfitriã, e se sente parte da realeza. No mesmo instante, uma faísca se acende entre eles. Infelizmente, o encantamento tem hora para acabar. À meia-noite, Sophie tem que sair correndo da festa e não revela sua identidade a Benedict. No dia seguinte, enquanto ele procura sua dama misteriosa por toda a cidade, Sophie é expulsa de casa pela madrasta e precisa deixar Londres. O destino faz com que os dois só se reencontrem três anos depois. Benedict a salva das garras de um bêbado violento, mas, para decepção de Sophie, não a reconhece nos trajes de criada. No entanto, logo se apaixona por ela de novo. Como é inaceitável que um homem de sua posição se case com uma serviçal, ele lhe propõe que seja sua amante, o que para Sophie é inconcebível. Agora os dois precisarão lutar contra o que sentem um pelo outro ou reconsiderar as próprias crenças para terem a chance de viver um amor de conto de fadas.

Esse terceiro livro da série segue o padrão de todos os outros, com folhas amareladas e genealogia dos Bridgertons. Ao invés de começar pelo capítulo 1 temos uma introdução de como foi a infância de Sophie. Filha bastarda de um conde, Sophie foi criada como pupila de seu pai aos olhos da sociedade. Apesar de o conde manter as aparências até mesmo dentro de sua residência, todos os empregados sabiam que Sophie era sua filha. A vida de Sophie muda quando o conde trás uma esposa juntamente com suas filhas para viver debaixo do mesmo teto que Sophie. Esta história está parecendo familiar? Com certeza vocês conseguem reconhecer o enredo da Cinderela neste livro.

Infelizmente não são meras coincidências ou referências, tudo o que acontece é exatamente como a história da Cinderela, até mesmo a forma como ela encontra com Benedict Bridgerton no baile. As coisas só começam a se diferenciar quando Sophie vai embora da casa de seu falecido pai e começa a trabalhar em casas de outras famílias para poder se sustentar.

Ela reencontra Benedict de uma forma bem constrangedora, quando ele a salva do filho do patrão dela e de seus amigos bêbados. Neste momento é quando a verdadeira história do livro começa a se desenvolver, porque antes a história é muito Cinderela creio que conseguem me entender…

Gostei do casal e da personalidade de Sophie, sempre muito obstinada com seus valores e mesmo amando Benedict não tenta pegar atalhos para ser feliz. Todo o sofrimento que Sophie passou a deixou mais forte e capaz de resistir a muitas provações ao longo dos seus dias, já para Benedict tudo deveria ser mais simples do que é. Ele demora um pouco para amadurecer sobre a perspectiva dos sentimentos de Sophie.
A parte que mais gostei do livro foi como eles conseguiram retratar a mãe de Benedict, ela com certeza é uma mulher muito obstinada pela felicidade de seus filhos. Conseguimos compreender melhor seus sentimentos e o que realmente deseja para cada um de seus filhos. Ela entrou para a minha galeria de personagens favoritos.

Agora o que me chateou completamente foi que no final do livro, voltamos à história da Cinderela. Sinceramente fiquei bem decepcionada com esse livro, até pareceu que a Julia não teve inspiração para criar algo interessante como no livro 2 da série e teve que se basear no num conto de fadas. Não consigo entender também porque as notas de resenhas desse livro estão tão altas. Estava pensando em fazer uma maratona dessa série, mas esse livro acabou com toda minha empolgação. Vou ler outros antes de voltar para ler o livro 4. Vocês já leram o livro? O que acharam?

Talvez você também goste...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *