Doctors – K-drama

Exibição: Junho a Agosto de 2016

Diretor: Oh Choong Hwan

Canal: SBS

Episódios: 20

Sinopse: Yoo Hye Jung (Park Shin Hye) era uma menina problemática na High School com uma personalidade espinhosa, gangster. Devido a suas muitas cicatrizes da infância, Hye Jung mantém seu coração fechado para outras pessoas. No entanto, ela muda depois de conhecer seu mentor Hong Ji Hong (Kim Rae Won), que desempenha um papel fundamental na transformação de sua vida de um delinquente “sem esperança” para um médica compassiva. Eles se separam posteriormente, mas se reúnem depois de 13 anos, quando Yoo Hye Jung se torna médica.

A sinopse desse drama é bem simples e até parece que não há tanto conflito na história. Hye Jung é incompreendida por seu pai, e depois de ter sido expulsa por outra escola ele a leva para morar com sua avó paterna. Ela acompanhava desde muito cedo todas as brigas que sua mãe e seu pai tinham por causa de uma amante. A forma como a mãe dela morreu não é explicada no drama, mas depois que morreu seu pai casou com a amante e teve uma nova filha. Naturalmente Hye Jung não aceitava a madrasta e se fechou em seus sentimentos.

Hye Jung é largada na porta da casa de sua avó por seu pai e continua o ciclo destrutivo no qual vivia. Faltando a escola, roubando, se metendo em confusão, mentindo para sua avó. Ela não contava que seu novo professor de turma moraria na casa dos fundos de sua avó, o primeiro encontro deles é bem espinhoso e sua relação leva um tempo para começar a ser desenvolvida, porque naturalmente Hye Jung estava contra tudo e contra todos.

Nos primeiros capítulos é bem evidenciado o sentimento de abandono que a personagem sente. Ela mesma fala disso várias vezes para avó, até descobrir que foi a avó quem pediu para o pai a trouxesse para ela. A avó queria criar a neta com amor, porque tinha visto que ela não estava sendo amada e crianças tinham que ser criadas sendo amadas como crianças preciosas.

É nesse momento que Hye Jung começa a ter uma mudança de atitude e permite amar e ser amada por sua avó. Seu mundo muda, suas prioridades mudam também. E seu relacionamento com seu professor fica mais afetuoso também. Ela faz amizade com duas meninas, Chun Soon Hee (Moon Ji In) que é filha tardia do diretor e Jin Seo Woo (Lee Sung Kyung) a melhor estudante da turma e também filha de uma família de carreira de médicos. Seo Woo ensina Hye Jung a estudar e finalmente ela começa a ver que pode ter um futuro e dar um futuro melhor para sua avó.

Infelizmente sua avó fica doente, e depois de vários acontecimentos na história sua avó morre, ela perde a amizade de Seo Woo apesar de nunca se esquecer de sua bondade. Hye Jung se foca em estudar para ser médica, constrói uma vida juntamente com sua amiga Soon Hee e vai para um determinado hospital em busca de vingança. Mal sabia ela que encontraria seu antigo professor, que na verdade sempre foi médico e teve que sair de sua vida de uma forma abrupta.

Esse sem dúvida é um dos dramas mais maduros que já assisti. A sua trilha sonora já indica isso e a construção dos personagens é muito palpável. Os relacionamentos se desenvolvem de uma forma muito tranquila, dia a dia, e isso faz o espectador sentir que está assistindo a vida de alguém e não a uma novela ou série. A forma como Ji Hong lida com ela desde o primeiro reencontro é impressionante. Ele nunca tenta mudar seus objetivos, pelo contrário ele sempre a apoia e a ajuda sempre que possível. Além do fato de ensinar a ela que pode se deixar ser protegida por alguém e que não há nenhuma vergonha ou fardo nisso.

Outra coisa que o drama mostra é que sempre quando Hye Jung ou qualquer outro personagem quer ajudar alguém que está passando por dificuldades eles nunca dão dinheiro pra ele. O que é bem comum em vários dramas. Na verdade essa opção nem é citada na história, sempre há outra forma que os personagens fazem para que a pessoa que necessita de dinheiro possa trabalhar e adquirir ou ganhar visibilidade e doações da nação. Isso realmente me impressionou, essa forma diferente de resoluções dos problemas.

Tudo o que contei não é nem metade do drama, é só para que vocês possam sentir a profundidade da história. Há vários personagens legais que não citei aqui e vou deixar que vocês possam descobri-los sozinhos. Se for para indicar algum ponto negativo seria o fato da personagem Seo Woo não ter sido aproveitada. Conseguimos compreender como é a luta dela dentro da grande família de médicos importantes, mas a verdade é que ela não enfrenta as situações e nem luta pelo que quer, ela basicamente se deixa levar pelos acontecimentos e deixa ser ferida muitas vezes. Achei que poderiam ter trabalhado melhor a personagem e que ela pudesse descobrir que também há força nela.

Apesar desse fato com a personagem de Seo Woo todo o drama é muito bem desenvolvido e não vemos aquelas briguinhas infantis e também aquelas atitudes de que o casal não confia um no outro. Realmente queridos, esse drama tem um outro nível de percepção e entendimento. Espero que ele possa acrescentar para vocês assim como acrescentou para mim também.

Talvez você também goste...

2 Comentários

  1. Oi
    eu adorei esse dorama, ainda mais porque tem a Shin Hye. Foi bom ver a evolução da personagem e que ela era uma boa médica, fora o romance que mesmo com a diferença de idade e quando os sentimentos surgiram eram aluno e professor foi bonito e só voltou mais forte quando se reencontraram.

    momentocrivelli.blogspot.com.br

    1. Oi Denise,
      Também amei esse dorama, ele trouxe vários elementos não abordados por vários dramas que já vi. Com certeza entrou na lista dos meus favoritos ^^
      Bjos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *