Animes

Street Fighter II Victory

26/07/2016

street+fighter+2+victory+completo+dublado+sao+paulo+sp+brasil__29C26D_1Lançamento: Abril de 1995 a Novembro de 1995

Categoria: Anime Japonês

Episódios: 29

Direção: Gisaburo Sugii

Sinopse:
Ryu estava aprendendo artes marciais numa remota ilha do Japão quando recebe uma carta de seu amigo Ken dos Estados Unidos. Ele pede pra visita-lo na América e manda dinheiro e a passagem. Ryu não parece ter nada que o prenda então se prepara para a viagem e após o encontro com seu amigo começam a viver grandes aventuras.

Quem nunca jogou Street Fighter que se manifeste!!! Com certeza faço parte do grupo que jogou, mas acreditem meu primeiro contato com o universo do Street Fighter foi através do anime e não do jogo. Após conhecer o anime procurei o jogo. Aquele velhinho nas máquinas Arcade rsrsrs. O anime foi criado depois que jogo já fazia muito sucesso. E para quem não sabe o desenho realmente é um anime e não um desenho do EUA. Sei que é meio difícil de acreditar, principalmente pela característica do traço tão americano, mas ele foi produzido totalmente no Japão.

A história começa com Ryu sendo treinado longe da civilização, em uma ilha do Japão por seu mestre, quando recebe uma carta de Ken. Não nos é explicado como eles ficaram amigos. Há insinuações de que Ken visitou o Japão e durante esse tempo conheceu Ryu. Ambos lutadores já naquela época. O anime começa quando eles têm 17 anos.

bscap0005

Antes mesmo de Ryu encontrar Ken tive uma sensação de que a história gira muito mais ao redor de Ryu do que de Ken. Ken é mais como um financiador. Não é segredo pra ninguém que ele é milionário e único herdeiro de um enorme patrimônio. O mais interessante é que assim que Ryu chega, os dois se metem em muita confusão. Acabam lutando num bar contra um cara militar chamado Guile e é quando Ken percebe que devem existir caras muito mais fortes que eles e que eles poderiam procurar pelo mundo inteiro, desafiá-los e se tornarem mais fortes.

Então quem banca essa viagem maluca é claro que é o Ken. Ele é como se fosse o caixa da equipe e também o que tem conexões políticas e policias usadas sempre para tirá-los de algum apuro. O primeiro lugar que vão explorar é a China. E pelo tremendo desprendimento de Ryu das coisas, podemos até pensar que ele não tem ninguém. Nem família ou outros amigos mais próximos.

street_fighter_2v

A amizade deles é muito legal e um sempre defende o outro com “unhas e dentes”. A primeira lutadora forte que encontram é a Chun Li. Ela serve como guia e é muito interessante a forma como eles descobrem que ela na verdade é uma lutadora muito forte e habilidosa. Quando os dois a encontram pela primeira vez ela tem apenas 15 anos, mas é dotada de uma forte personalidade, senso de justiça e de família. Fez amizade fácil com eles. O pai de dela é o Inspetor Dubal, chefe do departamento de polícia de Hong Kong o que rende muita caçada a bandidos.

Akuma_street_fighter_II_V_(6)

Bandidos vão aparecendo pouco a pouco na série e mais lutadores são revelados. Durante esse processo os dois descobrem sobre Hadouken e trabalham para usar essa incrível forma de energia corretamente. Ao mesmo tempo que os grupos criminosos vão aparecendo e criando confusões para os nossos heróis. Primeiro vem uma organização menor e só depois é revelado que era apenas um braço da Shadaloo, coordenado por M. Bison o grande inimigo dessa temporada.

Street Fighter II Victory - fig6

Uma personagem que sempre me chamou muito a atenção, além da Chun Li é a Cammy. Ex-agente do MI6, agora exerce a profissão de assassina, mas dá para perceber que há muito mais do que apenas essa fachada de assassina que ela ostenta. Muitas vezes ela demonstra dignidade o que nos leva a pensar o que aconteceu com ela para virar uma assassina de aluguel.

Ao contrário do que muitos pensam o Street Fighter não termina aqui nesses 29 episódios. Há algumas séries extras como Street Alpha e Street IV que vou fazer questão de resenhar para vocês também. A primeira impressão que tive ao assistir é o quanto o anime é violento, agora lembrando de como eu via quando era criança… Nunca reparei nesse aspecto o que me leva a pensar que os adultos tem que parar de achar que as crianças pensam como os adultos, elas pensam como crianças e sua percepção das coisas é totalmente diferente. Digo por mim mesma, eu amava esse desenho e ficava toda empolgada com as lutas, nunca parei para dizer “nossa como é violento“. Elas encaram isso como diversão e não levam a sério. Pelo menos, era assim como encarava.

Bison_animated_movie

Amei rever esse desenho tão especial para mim agora com os olhos de uma adulta. Percebi também que aqueles valores de honestidade, amizade, lealdade continuavam presente exatamente como eu lembrava. E posso dizer com certeza que a frase de efeito do desenho permanece na memória: “Nós vamos ao encontro do mais forte“. Deixo a abertura do desenho para poderem matar saudade.

11

Você pode ler também...

9 Comentários

  • Reply João Lira 26/07/2016 at 4:42 am

    Esse desenho marcou época para quem era criança e se ligava no SBT nas manhãs de sábado — junto com Dragon Ball, Fly, e outros.

    Como esquecer dessa música:
    https://www.youtube.com/watch?v=89l2WJC9LWI

    Esses dias eu estava lembrando dela, sem me tocar que ela era do Street Fighter.

    PS.: Por onde você assistiu o SF II Victory?

    • Reply kelen Vasconcelos 27/07/2016 at 3:40 pm

      Oi João!
      Essa música é ótima, cheia de significado.
      Não posso revelar minhas fontes rsrsrs

  • Reply Gisele 28/07/2016 at 4:08 pm

    Amoo Street Fighter! Me lembra da época de criança!
    bjoss

  • Reply Carol 28/07/2016 at 6:06 pm

    Gente, senti uma nostalgia agora hehehehe
    Beijos
    BlogCarolNM
    FanPage

    • Reply kelen Vasconcelos 29/07/2016 at 4:40 pm

      Eu curto bastante esse desenho também ^^
      Bjos

  • Reply Line Bernardo 28/07/2016 at 7:54 pm

    Oi Kelen,
    Muito legal esse desenha, eu assistia um pouco junto com minha filha, vou mostrar para ela.
    Bjs❤
    Abrir Janela

    • Reply kelen Vasconcelos 29/07/2016 at 4:40 pm

      Mostre sim Line *-*
      Bjos

  • Reply Daniel Cézar 19/08/2016 at 8:25 pm

    Esse desenho era daora! Não sabia que tinha tantos episódios, pra mim era uma coisa só, tipo um filme ou OVA, só me lembro de poucas parte: a cena da Chun-li no banheiro (óbvio) e da luta dela com o Vega, um pouco da Cammy e do Ryu demorando pacas pra aprender o hadouken.

    • Reply kelen Vasconcelos 21/08/2016 at 8:56 pm

      Nessa fase ainda não tem essa cena do banheiro rsrsrs. Nem eu sabia que era algo complexo assim. Em breve vou postar o restante, ainda estou decidindo se faço posts separados ou um para explicar o restante…

    Leave a Reply