Casamento Grego 2

Lançamento: Março de 2016

Direção: Kirk Jones (II)

Sinopse: Toula (Nia Vardalos) e Ian (John Corbett) continuam juntos e passam bastante tempo tentando compreender a problemática filha adolescente. Quando os pais de Toula descobrem que sua união nunca foi oficializada pela religião, todos os Portokalos se reúnem para mais um grande casamento grego.

O primeiro filme foi um sucesso estrondoso, e logo as conversar para o filme dois começaram, mas como tudo no cinema é incerto o projeto foi postergando cada vez mais até que finalmente ocorreu. No atual cenário se passaram 14 anos do casamento de Toula com Ian, eles possuem uma filha adolescente chamada Paris (Elena Kampouris).

Num primeiro momento vemos que a relação dos pais com Paris está bem conflituosa, Toula percebe ao longo dos anos que Paris começa a viver a vida dela sem depender tanto da mãe então para poder ficar mais presente ela começa a participar de todos os grupos possíveis de pais na escola dela e isso começa a sufocar Paris. Ao mesmo tempo em que seu pai, Ian, é o diretor da escola.

Também podemos dizer que família grega não dá espaço para Paris e seu avó já inicia logo conversar sobre querer casar ela com algum garoto grego. Para complicar mais, ela está na fase que deve escolher qual universidade deve cursar. Claro que seus pais e sua família a pressionam para ficar nua universidade próxima, mas Paris quer mesmo ir para Nova York, bem longe.

Toda essa situação leva Toula e Ian a se preocuparem cada vez mais com sua única filha e se esquecerem de que são casados e que também devem cuidar de seu relacionamento. Uma das pessoas que mais ajudam eles a se lembrarem disso é a tia Voula (Andrea Martin), uma das personagens mais legais desse segundo filme.

Claro que o drama dos pais de Toula é um espetáculo a parte, quando descobrem que realmente não foram casados, eles tem que tomar a decisão se casam “de novo” ou se separam e dentro dessa família grega tudo leva a muita confusão e festa.

Apesar de sempre haverem aquelas pessoas que dizem que esse filme é ruim, eu digo que foi divertidíssimo. Eles trouxeram personagens amadurecidos com problemas diferentes do primeiro o que trouxe aquela sensação de querer saber mais a cada cena. Todos atuaram muito bem e o grande destaque fica por conta de Elena que interpretou Paris de uma forma muito convincente. Com todas as suas dúvidas e dramas próprios. É um daqueles filmes de família que você vai rir muito e se emocionar.

Talvez você também goste...

8 Comentários

  1. Vejo muitas pessoas falando bem de Casamento Grego, mas até agora não tive oportunidade de assistir. Na verdade, nunca apareceu nos meus pensamentos quando queria ver algum filme, mas agora vou deixar anotado e já sei qual o próximo filme que verei! E aí se curtir vou no embalo e vejo o 2 que você também recomendou. Ótima resenha!

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com

  2. Amiga, ainda não vi mas tá na listinha. Sequencia é sempre complicado, pois esperamos de mais por conta das expectativas do primeiro filme, mas acredito que esse seja um bom filme também. Espero poder assistir em breve.
    bjus
    Amanda

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *